domingo, 13 de abril de 2008

Notícias sobre crime abalam as crianças

Se vc tem filhos em casa, não deixe de ler a matéria no FOLHA ONLINE de hoje. Eu tinha mencionado o sensacionalismo de alguns jornalistas no caso Isabella. No artigo da Folha, especialistas alertam sobre a necessidade de protegermos as crianças dos excessos apresentados nas reportagens. Todos os dias, durante o café-da-manhã, ouvimos a CBN. Outro dia, enquanto meu filho de 10 anos passava mel na torrada, o apresentador descrevia o crime: como a menina foi jogada, como foi encontrada pelo resgate...ora, que coisa para se ouvir durante uma refeição em família. Levantei imediatamente e desliguei o rádio. Adoro a rádio CBN, mas há momento pra tudo. Não podemos criar nossos filhos numa redoma. Mas temos, como pais, a obrigação de selecionar o que assistem, o que ouvem, o que lêem. Começar o dia com uma boa música é bem melhor.

3 comentários:

Odele Souza disse...

Concordo Paula.
O execsso de informações sobre crimes, assassinatos, violência enfim, não pode fazer bem às crianças.

Um abraço.

Blogger disse...

Essas notícia não fazem bem a ninguém que tenha um pouco de sensibilidade... Sim, concordo plenamente, não deve fazer parte do desjejum, nem de qualquer refeição, seja para adultos ou crianças... é altamente indigesto...

Andre LF disse...

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIImensamente e acordo, amiga!!!E orgulhoso por ver que o meio jornalístico conta com quadros de bom senso e lucidez, como você!!Disse tudo em poucas palavras!!!!
Abs

Por um olhar mais atento aos pequenos detalhes da vida