quinta-feira, 8 de maio de 2008

Esta menina está em coma há 10 anos


Peço a todos que acessem e divulguem o blog de minha querida Flavia Belo, brilhantemente elaborado e sempre atualizado por sua mãe, minha amiga Odele Souza.
Colegas jornalistas: este caso de Flavia oferece a vcs uma série de pautas possíveis, com enfoques diferentes, por exemplo:
- O perigo dos ralos de piscina - matéria de utilidade pública;
- A vida de uma pessoa em coma vigil há 10 anos - os sofrimentos físicos, a rotina de cuidados etc - matéria de utilidade pública ;
- A força dos blogs - A blogosfera como meio de manifestação democrática da cidadania ;
- A lentidão da Justiça brasileira - a luta de uma mãe pelos direitos de sua filha, em coma há dez anos, sendo um dos réus uma multinacional poderosíssima - a Jacuzzi.
Há tantas pautas possíveis neste tema, colegas, que me sinto profundamente angustiada pela minha própria impotência para elaborar uma ou tantas matérias que o assunto possibilite. Sou apenas uma jornalista free-lancer, movida por ideais, mas sem qualquer chance de ação concreta, a não ser esta, pelo blog.
Ok, o caso Isabella mobilizou a Imprensa. O casal suspeito está preso. Chega!! Agora está nas mãos de um juiz.
Vamos voltar também as atenções para casos de violação de outros direitos humanos, como os de Flavia Belo: que está viva e tem seus direitos vilipendiados, diante de uma Justiça que até agora tem sido lenta e ineficiente.
Vamos dar atenção ao caso de uma menina que hoje é uma moça, numa cama, sem capacidade de se manifestar e que tem apenas na brava mãe a sua voz.
Em tempo: Flavia segue há dez anos em coma, sem estar ligada a nenhum aparelho. Sobrevive em casa, pelo amor dedicado e por alguma força que só Deus é capaz de explicar. Sofre. Sente dores lancinantes. Tem seus pés delicados deformados com o passar do tempo. Mas está viva. A espera de alguém que possa contar seu drama e reinvindicar seus direitos.
Nós jornalistas, podemos e DEVEMOS contar a sua história.

Um comentário:

carlos alberto disse...

eu como missionário retornado membro de a igreja de jesus cristo dos santos dos ultimos dias me comovi quando assisti a reportagem .quero dizer q para deus nada é impossivel já ouvi falar de pessoas q ficaram em coma por + d 10 anos e mesmo os medicos dando como encerrado não tendo + o q fazer as pessoas retornaram do coma cristo trouxe mórtos a vida com certeza pode fazer alguem acordar de um coma pesso a familia q não percam a fé.

Por um olhar mais atento aos pequenos detalhes da vida