sexta-feira, 13 de junho de 2008

Anonimato no Orkut

Convido todos a lerem a notícia publicada hoje pelo grupo Folha, sobre o anonimato no Orkut.
Eu mesma já fui vítima desse meio covarde que pessoas levianas e sem caráter se utilizam, para forjar perfis falsos, caluniar e difamar. Igualam-se a esse tipo de gente, os que ofendem a imagem de pessoas falecidas, que sequer estão aqui para se defender. As famílias enlutadas, já tão dilaceradas pela perda, não têm condições emocionais de se armar pela lei e fazer valer seus direitos.
Ou seja, é uma falta de humanidade sem classificação.
É bom que tais pessoas saibam que isso pode acabar num belíssimo processo. Sim, nossa justiça é lenta, mas uma hora, os engraçadinhos se estrepam. A tal impunidade está mudando...é só questão de tempo.
O chamado "Direito digital" ainda é uma área nova no Brasil. Mas gente que se esconde no anonimato do Orkut, seja pra difamar a imagem alheia, provocar com recadinhos sem identificação, se envolver em crimes de sequestro, extorsão e pedofilia, entre outros lixos, estão com os dias contados. Até porque a polícia chega nestas pessoas através do endereço IP (Internet Protocol).
Quem não deve, não teme.

4 comentários:

Susanna Martins disse...

É vergonhoso ver que pessoas, se é que podemos chamá-la de pessoas, fazem esse tipo de coisa. O nome, a imagem e o carater de todos funcionam como conjunto e é visível que seres desse tipo não tem escrúpulos nenhum.
Temos uma imagem a zelar!!
Abraços

Patrícia disse...

APELAÇÃO

POBRES DE ALMA, DE RAZÃO, DE FÉ E PRINCIPALMENTE POBRES DE EDUCAÇÃO... CLASSIFICO ASSIM ESTES COVARDES.
SE VC DIVERGE, SEJA HONESTO E FAÇA DA MANEIRA MAIS CLARA E LIMPA QUE VC CONHECE...
AGORA, SE ESTA FOR A MANEIRA MAIS CLARA E LIMPA QUE VC ENCONTROU....XIII O PROBLEMA É BEM MAIOR DO QUE EU IMAGINAVA!!!

VERDADE, VERGONHA NA CARA... NUNCA PODE FALTAR

Paula Calloni disse...

Além de tudo, a existência de gente assim no Orkut só denuncia o óbvio: faltam vagas nos hospitais psiquiátricos do país!

Jornalista Azarado disse...

Tomara que "a moda pegue", mas pelo lado da justiça. Quantas comunidades não existem difamando as pessoas? Feitas com o intuito apenas de ofender? Eu e meu irmão já encontramos diversas comunidades extremamente preconceituosas e maldosas (meu irmão se comprometeu a denuncia-las). O anonimato na Internet deveria ser proibido. As pessoas têm que assumir o que fazem e punidas em casos como esses (ofensas, preconceito, difamação, crimes...). É inadmissivel que ainda tenhamos que conviver com tantos vândalos, criminosos digitais, sendo que a solução está bem no nariz (de palhaço, de alguns) da justiça e dos policiais (pois alguns estão até envolvidos nos crimes...).

Por um olhar mais atento aos pequenos detalhes da vida