sábado, 16 de agosto de 2008

Rádio: ser ouvinte é participar sempre!

Fico muito honrada com a citação de meu nome no blog do colega jornalista Milton Jung, da rádio CBN.
Ouvia uma matéria sobre a dificuldade de publicar livros, no Brasil. Mandei uma pergunta por e-mail e ela foi considerada pertinente, ao menos "em parte", como disse o Milton.
Acho que nada supera nem nunca superará o rádio como um meio de comunicação realmente interativo.
E isso desde o surgimento do rádio, muito antes da chegada de tanta tecnologia - especialmente a digital.
A cumplicidade com o ouvinte é inigualável e emociona, ainda mais quando nos vemos agentes dessa participação, essencial aos bons prestadores de serviço, no Jornalismo - isso mesmo, com J maiúsculo.

Valeu Milton Jung!

Um comentário:

Por um olhar mais atento aos pequenos detalhes da vida