quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Esmola no farol? NÃO!

Matéria da rede Globo hoje mostrou uma realidade, mas não uma novidade.
Pedintes de esmola nos semáforos de São Paulo usando o dinheiro para o consumo de drogas, na região que tem se destacado por ser a "Nova Cracolândia", perto da recém-inaugurada ponte Estaiada, no Brooklin.
A reportagem flagrou um adolescente, deficiente físico, as pernas completamente tortas, percorrendo a avenida numa cadeira de rodas. Obviamente ganhou a compaixão de vários motoristas e recebeu alguns trocados.
Em seguida, juntou-se a um pequeno grupo de moradores de rua e consumiu vários cigarros de crack.
Isso é pra gente aprender: esmola nos semáforos, NÃO!
Porque de duas, uma: ou você ajuda a sustentar algum marmanjo que explora crianças, idosos e deficientes físicos ou você contribui financeiramente para a próxima morte por overdose de drogas.

3 comentários:

Jornalista Azarado disse...

Falou tudo Paula! Concordo plenamente! Não dou esmolas de jeito nenhum, nem compro balas, chicletes, canetas, por mais que doa o coração... Não financio o crime..

Paula Calloni disse...

Eu só compro de um deficiente físico, o Cláudio, que acabou virando amigo e é muito gente boa. Aliás, qualquer hora eu conto a história dele aqui.

Ego disse...

Concordo com vc, cara colega!O pedir vicia, se os pedintes usuários de drogas, conseguem sustentar seu vício dessa forma,pra q trabalhar, se existe o dinheiro fácil.
Abçs.

Por um olhar mais atento aos pequenos detalhes da vida