quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Alguém ainda escreve cartas?

Sinto uma certa decepção quando enfio a mão na caixa de correspondências e só encontro contas, contas e mais contas. Nenhuma carta pessoal...vez ou outra um cartão postal - que adoro receber. Perdi meu pai há pouco mais de um mês e um grande amigo, meu irmão do Rio - ei André, isso, vc mesmo - mandou-me um cartão de condolências.
São gestos inesquecíveis, como inesquecíveis foram as cartas que trocamos, por meio das quais nos conhecemos, aliás.
Hoje quando vejo um carteiro sinto alguma melancolia...para mim, esse profissional sempre pareceu um herói. Um ser humano cuja profissão, em essência, era colocar PESSOAS em contato...matar saudades, dar notícias, algumas más, outras nem tanto...Muitos, muitos cartões de Natal! Alguém lembra quando os correios congestionavam de tantos cartões na época das festas?
Uma das minhas mais preciosas amigas eu conheci através de uma carta, há 19 anos.
Tenho cartas de amigas que emigraram para o Japão...muito interessante guardar não só os escritos, como os envelopes listrados e seus selos exóticos.
E uma carta...numa carta você apóia a mão, para fazer deslizar a tinta...Há mais sentimento no gesto de escrever de próprio punho. Energia boa!! Descubram este encanto! Depois me contem...
Caneta? Bic, sempre foi a melhor, pelo menos pra mim.
É um alento passar pelo Poupa-tempo (xii, lá vem ele de novo, desta vez por uma boa causa - vejam um post anterior a respeito) e constatar que lá existe um "escrevedor" de cartas. Migrantes de várias partes do país, analfabetos, que se valem destas pessoas para se comunicar com suas famílias.
Cartas - romantismo? Nostalgia?
Sei lá...meus amigos, todos os que receberam, recebem
cartas minhas - e enviaram-me, todos esses anos: obrigada. Vocês me tornam mais feliz, seja por receber, seja por reler, tantas palavras lindas, por vezes doídas, mas repletas de emoções que só uma carta pode transmitir.
E-mail? Bah................

2 comentários:

Carla disse...

Haaaaaaa que nostalgia! rss rss
Adoro carta, e-mail, enfim adoro comunicação. rss
Bj

Andre LF disse...

Amiga, obrigado pela lembrana carinhosa!! Sim, cartas aquecem o coração...pena que a correria da vida nos distancia do tempo precioso de traçá-las...mas um toque como esse nos ajuda a repensar como anda o nosso uso do tempo...menos orkut e mais Bic, por favor!!

Bjokinhazzzzzzzzz

Por um olhar mais atento aos pequenos detalhes da vida