quarta-feira, 29 de julho de 2009

Fretados: cerceamento à liberdade de ir e vir

Eu votei no Gilberto Kassab e não me arrependo, mas sou contra a restrição aos ônibus fretados, que a Prefeitura está impondo.
Não se pode limitar o acesso à cidade de gente vindo de longe, para trabalhar e dar sua contribuição ao crescimento econômico do município.
Não se pode impedir a livre circulação de trabalhadores que não têm outro meio de transporte viável, já que os ônibus e metrô estão muito aquém da necessidade da população.
Aliás a questão é macro...melhor ainda seria um planejamento do Estado, para que as pessoas tivessem alternativa de trabalho perto de onde moram. Enquanto isso...
O que o Kassab está querendo? Que essas pessoas peguem seus carros e entupam nossas vias com mais veículos do que já temos?
Mais uma vez o governo se importa com bobagem. Já que se pretende inaugurar novas linhas de metrô em 2010, não custa ser mais tolerante por um tempo e deixar os fretados circulando na cidade, trazendo o povo pra trabalhar honestamente.
Acorda, prefeito. Essa gente não tem outra alternativa!

Nenhum comentário:

Por um olhar mais atento aos pequenos detalhes da vida