quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Obrigada

Já virou clichê a frase: "Basta querer".
Não, gente. Não basta querer. Você precisa ir atrás, ser teimosa, encher a paciência de quem pode te dar uma chance, mostrar competência, amor pelo o que faz, não desperdiçar oportunidades na vida, à toa (eu já desperdicei, muitas! - cuidado, molecada!).
E se tiver desperdiçado, tente de novo, seja teimosa, insistente. Em suma: não desista de suas boas idéias.
Dê o sangue, insista, dê aquela "pincelada a mais". Não dá dinheiro? Você tá cansado de saber que isso é consequência de esforço e uma hora, chega. Todo mundo tem uma sacada na vida e por mais absurdo que pareça, grite! Com tanto jeito hoje, blogs, twitter, e-mail, cara-de-pau ao vivo em eventos, telefone (veja que as alternativas estão em ordem decrescente de importância, rsrsrs), você não tem desculpa.
"Ah, é só querer". NÃO! NÃO É SÓ QUERER!! É lutar, suar, mostrar trabalho.
Um dia eu optei por jogar minha profissão no congelador e ser mãe. Apenas, ser mãe.
Foi uma realização importante na minha vida.
Agora, tenho um caminho importante pra trilhar. Um caminho que eu tinha deixado de lado e que ainda está lá, guardadinho, no meu pote de sonhos.
Você até pode adiar seus sonhos, mas em algum lugar, lá dentro, eles pulsam. E um dia revivem, explodem...Aí, você tem que mentalizar, acreditar, pra encontrar pessoas sensíveis, que podem reconhecer seu empenho.
Eu quero aqui fazer um agradecimento público a duas pessoas:
Fernanda Cirenza - revista "Marie Claire"
Miriam Ramos - rádio USP
Obrigada por acreditarem em mim, por me ajudarem a não enterrar meus sonhos e pelas chances, únicas, de me sentir feliz, prestando serviço e realizando um trabalho no que mais amo fazer: o mais puro Jornalismo, com J maiúsculo.
Eu sou jornalista. Sempre serei. Eu briguei por isso, eu lutei por isso, eu tenho isso na veia e...eu sei fazer isso, muito, muito bem!

Um comentário:

Carla disse...

É isso aí Paula!
Lutar sempre, desistir jamais!
Desejo boa sorte a todos que tem um objetivo nobre na vida, a todos que lutam por um mundo melhor.
Você tem duas grandes atividades: mãe e jornalista. Ambas trabalham por um mundo mais justo e mais bonito, quando exercidas por pessoas de caráter.
Carla.

Por um olhar mais atento aos pequenos detalhes da vida