quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Brasil na Oprah

Esperei ansiosamente pelo programa da Oprah ontem no canal pago GNT. Fiquei decepcionada.
As chamadas para o programa davam a entender que ela teria vindo ao Brasil. O que se viu, na verdade, foi uma entrevista pelo Skype, com uma brasileira que, apesar do bom inglês, se viu numa enrascada.
Contundente e com uma certa dor de cotovelo, já que Chicago (onde "The Oprah Winfrey Show" é gravado) perdeu para o Rio a eleição para sediar as Olimpíadas, a apresentadora fez mais questão de destacar a violência do que a culinária e outras características da cidade.
Ela fez seu papel de jornalista, sem dúvida.
O tema do programa era "Cidades onde as pessoas são mais felizes". Copenhagen foi a primeira apresentada: 0% de violência. Ensino e assistência médicas gratuitas. Famílias voltando para casa de bicicleta, sossegadamente, todos os dias, entre as 16 e 17 horas. Pouco consumismo.
A apresentação de Aline, a brasileira, foi um show de contrastes, óbvio. Uma empregada negra, que mora na favela. Uma patroa rica, com banheiro cheio de cremes, perfumes, retrato do exagero consumista.
Bom, falei de mais. Confira tudo clicando AQUI!

Nenhum comentário:

Por um olhar mais atento aos pequenos detalhes da vida