domingo, 14 de março de 2010

Filme "Atividade Paranormal" garante 1 ou 2 sustos. E só.

Há semanas houve um zum-zum-zum sobre o filme "Atividade Paranormal", que acaba de sair em DVD. Claro que lá fui eu conferir do que se trata, pois há tempos tenho vontade de ver um filme de terror que REALMENTE me dê medo.
Bom, você tem 2 alternativas para começar a assistir. Ou você pega um bom travesseiro, uma taça de vinho e um cobertor de orelha e aproveita uma bela soneca, ou toma um coquetel de café, com Coca-cola e guaraná em pó pra ficar acordado nos primeiros 40 minutos. O blá-blá-blá do casalzinho é infinito e irritante.
As imagens no quarto do casal também são um tédio, repetidas à exaustão. Nenhum ruído estranho na casa que não possa ser causado por seu marido quando acorda à noite e vai fazer xixi ou pelo motor da sua geladeira velha.
Mas do meio para o fim, as imagens repetidas do quarto terminam fazendo um efeito interessante. Como se fosse uma lavagem cerebral, acabam levando você pra dentro do quarto. Se você tiver conseguido ficar acordado até esse ponto, começa a prestar atenção no enquadramento, com um grande espaço à esquerda da tela. Há uma porta alí e você passa a observa-la quase torcendo pra aparecer alguma coisa. Afinal, você pagou pra se assustar, não é? Então...você começa a se perguntar por quê diabos resolveu assistir ao filme sozinho, ou no escuro e como vai conseguir ir pra cama depois.
E começa a se irritar sem entender como um filme que custou 15 mil dólares e quase não tem efeitos especiais consegue deixa-lo com medo! Isso é cinema? Será que não é?
À maneira de "A bruxa de Blair" e "Cloverfield", você tem que ter estômago pra não se enjoar da câmera "bêbada", balouçante.
Mas o grande mote do filme é expor uma situação de suspense pela qual eu e você podemos passar. Aquele barulho de passos à noite, que podem ser do seu vizinho, ou a luz que se acende no outro cômodo, que pode ser só um mal-contato, mas que no filme revelam a presença de mais alguém na casa. Um alguém que não se mostra.
E aí você vai realmente pra cama, com todas as luzes acesas e se cobre com o lençol até as orelhas.
Pois é. "Atividade Paranormal" enche um bocado de linguiça. Mas no final...FUNCIONA!

Nenhum comentário:

Por um olhar mais atento aos pequenos detalhes da vida